CONVÊNIOS
FORNECEDORES
SAC

FALE COM O HNSG
(31) 2107-6000

Nossa História

nova_logo_INSGA Irmandade de Nossa Senhora das Graças – INSG, é uma Associação religiosa, de utilidade pública, de fins não econômicos e de índole desinteressada, de duração indeterminada, de caráter beneficente e de assistência à saúde, fundada e mantida no espírito do Evangelho, segundo os ensinamentos e orientação da Igreja Católica e sob a Presidência do Bispo da Diocese de Sete Lagoas. A INSG mantém, em Sete Lagoas, o Hospital Nossa Senhora das Graças e os anexos Maternidade Odete Valadares e o pavilhão pediátrico Dr. Márcio Paulino.

Desde 2015, a INSG deu um passo ousado e que exige expertise e know-how em gestão de saúde. Em junho de 2015 a instituição passou a atuar como Organização Social de Saúde – OSS. Tais organizações fazem parte de um modelo de parceria adotado por entes governamentais para a gestão de unidades de saúde, formalizado por lei, que possibilita a celebração de Contrato de Gestão com vistas ao gerenciamento de hospitais e equipamentos públicos de saúde.

A experiência iniciou-se em São Paulo, em 1998, com um grupo de 15 hospitais localizados em regiões carentes de serviços, buscando melhorar o acesso da população à atenção hospitalar, principalmente na região metropolitana da capital.

Em Minas Gerais, a Irmandade foi pioneira a atuar neste modelo ao estabelecer parceria com a Prefeitura Municipal de Ibirité para a gestão do Hospital Regional de Ibirité e da UPA 24h da cidade. Propondo melhorias na gestão, economia de escala e implantação de sistemas e padrões modernos de gestão visam garantir ampliação e melhorias no atendimento ao usuário SUS daquela região. O hospital tem 100 leitos, cerca de 550 funcionários, atende a uma região de aproximadamente 300 mil habitantes e deverá ampliar sua atuação na rede pública do Estado disponibilizando dez leitos de UTI Adulto, bloco cirúrgico com três amplas salas e potencialização da Maternidade local, que tem capacidade para realizar 200 partos por mês.

Leia mais »

A instituição tem como presidente o bispo diocesano de Sete Lagoas, Dom Guilherme Porto. É reconhecida de fins filantrópicos pelas autoridades públicas competentes e declarada de utilidade pública através do Decreto Federal número 70.998, de 17/08/1972, publicado no Diário Oficial da União de 18/08/1972. Declarada, nos âmbitos estadual e municipal, respectivamente pela lei Estadual nº 3.857, de 17/12/1965, publicada no “Minas Gerais” de 18/12/1965, e Lei Municipal nº 1.579, de 01/11/1971. A INSG  é uma Instituição de saúde e assistência social essencialmente dedicada à assistência hospitalar, estendendo seu campo de ação às seguintes atividades subsidiárias:

I. Colaborar com as autoridades sanitárias nas campanhas oficiais de vacinação e de prevenção de doenças;

II. Colaborar com as autoridades nas campanhas de esclarecimento e divulgação de preceitos e normas de Saúde Pública;

III. Colaborar com o máximo de seus recursos hospitalares em caso de catástrofes que atinjam a comunidade local e as cidades vizinhas;

IV. Celebrar convênios ou ajustes em geral com instituições educacionais, visando à qualificação da entidade também como instituição de ensino, de acordo com a legislação vigente, viabilizando, inclusive, a realização de estágio e residência médica, observadas as conveniências administrativas da Instituição;

V. Incentivar a realização de eventos científicos que, no âmbito regional, ofere- çam possibilidades reais de resultados positivos para o Corpo Clínico que atua na Instituição;

VI. Facilitar, tanto quanto possível, a participação de integrantes do Corpo Clínico e administrativo em eventos que se realizem fora da sede, tendo como objetivo o aperfeiçoamento e qualificação da assistência para a melhoria e atualização dos padrões de atendimento hospitalar.

Conselhos

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente

Heber Henrique Campos Moreira

Primeiro Vice-Presidente

Ivan Viana Alves

Segundo Vice-Presidente

José Augusto de Vasconcelos Marques

José Augusto

Primeiro Secretário

José Carlos Verdolin

José Carlos

Segundo Secretário

Nilo Antônio de Oliveira Campos

Nilo

CONSELHO FISCAL

Efetivos

Aluísio Barbosa Júnior

Aluísio

Márcio Antônio Lanza

Márcio Lanza

Adélio Araújo de Faria

Adélio

Suplentes

Acil José de Gouveia

Acil

Antônio Geraldo Barcelos

Antônio Barcelos

Getúlio Silva L’abbate

Getúlio

Filantropia

Filantropia significa humanitarismo, é um sentimento que faz com que os indivíduos ajudem aos outros. Tem origem grega, que significa “amor à humanidade”. É a atitude de ajudar ao próximo, de fazer caridade.
O termo filantropia foi criado por um imperador romano, no ano de 363 e acontece de diversas maneiras, através de donativos ou trabalhando para ajudar os demais, de forma direta ou indireta.
O conceito de filantropia é muito difundido hoje em dia, e relacionado erroneamente a ações de responsabilidade social das empresas. Ela está ligada ao Terceiro Setor, que atua aonde o Governo não consegue chegar.
A filantropia no Brasil é regulamentada por lei. A nova Lei da Filantropia trouxe regras mais severas para o processo de certificação de entidades beneficentes de assistência social. O certificado garante a isenção de contribuições previdenciárias patronais, além de outros benefícios fiscais, que fazem uma diferença significativa para o caixa dessas organizações.
No caso das entidades de saúde, a lei dá mais um subsídio para atingir a meta mínima de 60% dos atendimentos feitos pelo SUS, como um dos critérios para se obter o certificado.

Missão

Prestar assistência à Saúde com segurança e filantropia, baseada na política de qualidade e aprimoramento técnico e científico, com respeito absoluto ao indivíduo e seu contexto social.

Visão

Ser uma instituição de referência no Estado em serviços de Saúde de alta complexidade e assistência humanizada e individualizada aos pacientes.

Valores

• Humanização
• Qualidade
• Respeito
• Transparência
• Filantropia
• Excelência
• Credibilidade
• Sustentabilidade

Estatuto

bt-download

Voluntariado

Boas doses de solidariedade, compromisso e amor ao próximo não faltam nos projetos voluntários do HNSG. Aqui, há equipes que estão sempre dispostas a oferecer um tratamento humanizado aos pacientes e auxiliar, com competência, o trabalho dos médicos.

Leia mais »

Patrulha da Alegria

Exemplo bem-sucedido na área da humanização é o trabalho da Patrulha da Alegria – grupo de atores voluntários que proporciona momentos de descontração e boas risadas aos pacientes. Desde 2005, o hospital recebe visitas semanais de “patrulheiros” que fazem plantões nas unidades de internação, garantindo interação e alegria a crianças, jovens, adultos e idosos.

Avosg

Um dos projetos que faz a diferença na entidade é desenvolvido pela Associação das Voluntárias Senhora das Graças (Avosg). Desde 1986, o grupo, composto por cerca de 100 mulheres de várias faixas etárias, oferece importante ajuda aos pacientes.
Elas captam doações de roupas, alimentos, remédios e fraldas, providenciam o transporte de pacientes e ainda proporcionam apoio espiritual.

Doulas

Um dos grandes orgulhos da entidade é também um exemplo de altruísmo. O projeto Doulas, desenvolvido há três anos, conta com a atuação de voluntárias, que se empenham para suavizar a dor e a ansiedade de grávidas prestes a dar à luz, oferecendo suporte físico e emocional às parturientes e a seus acompanhantes.
As Doulas atuam nas horas mais delicadas e, com a calma e a resiliência de quem é experiente, conseguem controlar as situações de tensão

Avbop

A Associação dos Voluntários Bom Pastor (AVBOP) nasceu em 5 de junho de 1991, com a iniciativa do professor e diretor da escola Diocesano Dom Silvério, Rui Mecenas, a função do grupo é dar apoio espiritual aos enfermos do hospital durante os finais de semana.
Além das ações de atenção e conforto a pacientes, o grupo faz uma doação mensal para que a associação adquira itens básicos para os internados carentes, como sabonetes, papel higiênico, escova de dente, entre outros. A AVBOP também possui muletas, cadeira de rodas, cadeira de banho, que são emprestadas aos mais necessitados.

A Marca da Fé

De acordo com definição estatutária, a INSG é uma Associação religiosa, de utilidade pública, de fins não econômicos e de índole desinteressada, de duração indeterminada, de caráter beneficente e de assistência à saúde, fundada e mantida no espírito do Evangelho, segundo os ensinamentos e orientação da Igreja Católica e sob a Presidência do Bispo da Diocese de Sete Lagoas.
Como marca de fé, o HNSG mantém em funcionamento sua capela, um marco da construção do prédio atual. Ela foi erguida em 1937, quando o chamado “Hospital Novo” foi transferido para o endereço atual.
São celebradas missas na capela com frequência.

Campanhas

editais

banners__cagep_250x250px

banners__SOU_HNSG250x250px

banners_250x250px_AVOSG

Hospital Nossa Senhora das Graças © 2014 - Todos os direitos reservados